PRODUTOS
Outros Produtos SAPEC
Visualizar Ficha Técnica CLP
Ficha de Segurança CLP
Tabela de Compatibilidades

LMR
Consultório Online
Mais informação
PRODUTOS



CORSÁRIO® é um inseticida sistémico de contacto e ingestão pertencente ao grupo dos neonicotinóides. Atua no sistema nervoso como antagonista do recetor nicotínico da acetilcolina.

Tipo de Produto: Insecticidas e Acaricidas
Formulação: Solução concentrada com 200 g/L ou 17,8% (p/p) de imidaclopride

Família Química: Cloronicotinilo
Número APV/AV: 03738

Embalagens:
. 50 mL
. 1 L
. 5 L
A consulta do site não dispensa a leitura atenta do rótulo

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

  CORSÁRIO® é um inseticida sistémico, especialmente eficaz sobre insetos picadores-sugadores (afídeos, moscas brancas, cicadelídeos), escaravelho da batateira e lagartas mineiras da macieira e citrinos.

  CORSÁRIO® atua por contacto e ingestão.

  Alia um elevado efeito de choque a uma boa persistência de ação.

OBSERVAÇÕES

  O CORSÁRIO® tem um modo de ação diferente do dos inseticidas neurotóxicos tradicionais - organofosforados, carbamatos e piretróides - pelo que controla populações de pragas que tenham adquirido resistência. Isto torna-o especialmente indicado não só para situações de populações resistentes, como também para integrar esquemas de alternância de s.a., para prevenir o seu aparecimento.

  A forte ação sistémica ascendente do imidaclopride, permite-lhe proteger os rebentos em crescimento, incluindo os tecidos que se formam depois da aplicação.

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES

  Quando se realizam tratamentos em citrinos ter sempre em atenção as recomendações para a utilização de FITANOL®: regar antes da aplicação e não aplicar desde a floração até os frutos terem tamanho de uma noz.

  O CORSÁRIO® é perigoso para abelhas, pelo que não se deve aplicar este produto durante a floração das culturas. Não aplicar em limoeiros.

  Para mais informações consulte a Ficha de Dados de Segurança do produto.

  Os produtos fitofarmacêuticos (PFF) homologados em Portugal podem ser utilizados em proteção integrada (PI), não existindo uma lista de PFF's recomendados especificamente para esse efeito. A escolha do PFF deve ter, obrigatoriamente, em consideração a aplicação dos princípios gerais da PI e as normas definidas para a cultura.

ALARG. ESPECTRO USOS MENORES

  Videira -  Cicadelídeo da flavescência dourada (Scaphoideus titanus) - 35 mL/hL (350 mL/ha): Pulverizar entre Junho e Outubro, seguindo as indicações do Serviço Nacional de Avisos Agrícolas. Efetuar no máximo 2 aplicações por ciclo cultural e para o total das finalidades, com este ou outros inseticidas do grupo dos neonicotinóides. Volume de calda: 600-1000 L/ha. O produto só pode ser aplicado após a floração.

A eficácia e a eventual fitotoxicidade resultantes destas utilizações menores, não obrigatoriamente incluídas no rótulo, são da inteira responsabilidade do utilizador do produto fitofarmacêutico.